Quais são os novos modelos de negócios?

Conheca Os Novos Modelos De Negocios E Descubra Qual O Mais Lucrativo Para Voce Post (1) - Contabilidade na Bahia - BA | Grupo Orcoma

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Conheça os novos modelos de negócios e descubra qual o mais lucrativo para você e sua empresa

Conhecer novos modelos de negócios pode acrescentar ao seu negócio novas oportunidades e uma nova visão de mercado

Modelos de negócios inovadores estão mudando o mundo que conhecemos. O Airbnb é o maior provedor de hospedagem em todo o mundo sem ter um único quarto, o Uber é a maior empresa de táxi sem ter um único táxi e o Alibaba é o maior varejista sem estoque.

Todos eles surgiram com novos modelos de negócios para entregar, criar e capturar valor e ir muito além de serviços.

Os tempos estão mudando muito rápido, principalmente no mundo dos negócios…

Como as empresas interagem com seus clientes, como as empresas inovam e até os próprios modelos de negócios sobre os quais as organizações são construídas, tudo está passando por mudanças rápidas, e é preciso se adaptar.

O que é um modelo de negócios?

Em sua essência, o modelo de negócios é uma descrição de como sua empresa ganha dinheiro. É uma explicação de como você entrega valor aos seus clientes a um custo adequado.

Essas ferramentas permitem que os empreendedores experimentem, testem e modelem diferentes maneiras de estruturar seus custos e fluxos de receita.

As planilhas permitem que os empreendedores façam mudanças rápidas e hipotéticas em seu modelo de negócios e vejam imediatamente como a mudança pode impactar seus negócios agora e no futuro.

Como você pode ver, um modelo de negócios não é simplesmente uma exploração de quais custos e despesas você tem e quanto você pode cobrar por seu produto ou serviço.

Temos visto alguns modelos baseados pela forma de negócio, como:

  1. Publicidade: o modelo de negócios de publicidade existe há muito tempo e se tornou mais sofisticado à medida que o mundo fez a transição da impressão para o online.
  2. Afiliado: o modelo de negócio do afiliado está relacionado ao modelo de negócio de publicidade, mas tem algumas diferenças específicas.
  3. Corretora: as empresas de corretagem conectam compradores e vendedores e ajudam a facilitar uma transação.
  4. Concierge/personalização: algumas empresas pegam produtos ou serviços existentes e adicionam um elemento personalizado à transação que torna cada venda única para um determinado cliente.
  5. Crowdsourcing: se você pode reunir um grande número de pessoas para contribuir com conteúdo para o seu site, então você está fazendo crowdsourcing.
  6. Intermediação: se você deseja fazer e vender algo nas lojas, normalmente, trabalha por meio de uma série de intermediários para levar seu produto da fábrica para a prateleira da loja.
  7. Fracionamento: em vez de vender um produto inteiro, você pode vender apenas parte desse produto com um modelo de negócio de fracionamento.
  8. Franquia: a franquia é comum na indústria de restaurantes, mas você também a encontrará em todos os tipos de indústrias de serviços, de empresas de limpeza a agências de empregos.
  9. Freemium: com um modelo de negócios freemium, você está dando parte de seu produto ou serviço gratuitamente e cobrando por recursos ou serviços premium.
  10. Leasing: o leasing pode parecer semelhante ao fracionamento, mas, na verdade, são muito diferentes. No fracionamento, você está vendendo acesso perpétuo a parte de algo. O leasing, por outro lado, é como alugar. No final de um contrato de aluguel, o cliente precisa devolver o produto que estava alugando de você.

O que os novos modelos de negócios podem fazer pelo meu negócio?

Novos modelos de negócios podem refinar e melhorar qualquer um desses componentes.

Talvez você possa reduzir os custos durante o projeto e a fabricação, ou talvez você possa encontrar métodos mais eficazes de marketing e vendas, ou talvez você possa descobrir uma maneira inovadora de os clientes pagarem.

Lembre-se, porém, de que você não precisa criar um novo modelo de negócios para ter uma estratégia eficaz.

Em vez disso, você pode pegar um modelo de negócios existente e oferecê-lo a diferentes clientes.

Por exemplo, restaurantes operam principalmente em um modelo de negócios padrão, mas focam sua estratégia visando diferentes tipos de clientes.

No entanto, pelo que temos visto, muitas empresas não estão conseguindo acompanhar, e muitas estão operando com modelos de negócios desatualizados.

Entre os novos modelos de negócios, podemos citar alguns como:

  • Modelo de negócio por assinatura;
  • Modelo de negócio baseado em plataformas;
  • Modelo de negócio social autêntico;
  • Modelo de negócio centrado no funcionário;
  • Modelo de negócio centrado no parceiro;
  • Modelo de negócio centrado no valor do usuário;
  • Modelo de negócio de inovação constante;
  • Modelo de negócio baseado em dados;
  • Modelo de negócio com experiência em tecnologia.

Se você está liderando uma empresa – seja ela pequena ou grande, uma startup totalmente nova ou um negócio estabelecido, você precisará entender os novos modelos de negócios e avaliar como eles podem se aplicar à sua empresa.

O negócio de assinatura

Em vez de vender um produto ou serviço único, as empresas de negócio por assinatura operam em um modelo de serviço contínuo em um contexto de assinatura, construindo um entendimento mais íntimo de seus clientes no processo.

Como exemplo, vamos comparar os criadores de conteúdo Netflix e a Universal. 

A Universal produz um filme, lança nos cinemas e o filme faz sucesso. Eles não necessariamente entenderão exatamente quantas pessoas assistiram e o quanto esses espectadores gostaram.

A Netflix, por outro lado, tem um relacionamento intensamente próximo com o cliente, entendendo exatamente quantos usuários assistiram um filme ou série, se desistiram no meio do caminho e assistiram a outra coisa, se passaram a assistir outros conteúdos estrelado pelo mesmo ator, etc.

O negócio baseado em plataforma

Este modelo está intimamente ligado à economia compartilhada e aos modelos de assinatura (na verdade, as plataformas são particularmente poderosas quando combinadas com um modelo de assinatura).

Exemplos bem conhecidos de empresas de plataforma incluem Facebook, iFood, Uber e Airbnb.

Como você provavelmente pode adivinhar, a partir desses exemplos, as plataformas fornecem um mecanismo ou rede, pode ser uma rede física, não necessariamente online, para as partes interagirem entre si.

As plataformas agregam valor aos usuários, facilitando conexões diretas e trocas entre as pessoas (quanto mais valiosa a rede é para o usuário, mais bem-sucedida ela é).

Em troca, a plataforma obtém uma visão incrível de suas comunidades de usuários.

O negócio social autêntico

O modelo tradicional de negócios corporativos, com suas hierarquias, escritórios e intermináveis ​​reuniões formais, está mudando…

Hoje em dia, os clientes querem ver as pessoas por trás da marca: eles querem realmente “conectar-se” com uma empresa.

Lembra-se de como as empresas e, mais especificamente, as pessoas que trabalham para elas foram desencorajadas a expressar pontos de vista pessoais ou discutir a empresa fora do trabalho? Essa agora é uma maneira desatualizada de operar.

As empresas autênticas de hoje compartilham suas opiniões e defendem seus valores.

Normalmente, o CEO é ativo nas redes sociais e os funcionários são ativamente encorajados a serem embaixadores da marca.

E, o que é crucial, a própria marca tem uma presença de mídia social viva e envolvente, com uma mensagem de marca forte que realmente conecta com o público-alvo. Algumas das marcas mais autênticas de hoje incluem Adidas, Apple e Lego.

Consultoria Empresarial - Contabilidade na Bahia - BA | Grupo OrcomaPowered by Rock Convert

O negócio centrado no funcionário

A forma como trabalhamos também está mudando. As pessoas são mais nômades em seu trabalho e os dias de um “trabalho para toda a vida” acabaram.

Para ter sucesso, as empresas ainda precisam de pessoas excelentes, mas a forma como atraem essas pessoas está mudando.

A forma de pensar desempenhou um papel importante nessa transformação, pois, dá às empresas os meios para criar uma equipe fantástica em muitas maneiras diferentes – não apenas a rota tradicional, em tempo integral e permanente do funcionário.

Como tal, as empresas estão cada vez mais felizes com as pessoas que vão e vêm e que trabalham para mais de uma empresa ao mesmo tempo.

Neste ambiente de mudança, é vital que as empresas se concentrem no funcionário.

Isso significa oferecer às pessoas um local atraente para trabalhar, flexibilidade, espaço para crescer e os meios para desenvolver sua carreira.

O Google é um excelente exemplo desse tipo de negócio.

O negócio centrado no parceiro

Além de se tornarem mais centradas no funcionário, as empresas também estão se tornando mais centradas no parceiro.

Eles são quase como negócios em rede, terceirizando o trabalho, aproveitando os serviços sob demanda, fazendo parceria com fornecedores e adquirindo experiência quando necessário.

Eles criam redes atraentes de parcerias – e são um parceiro valioso para os outros.

Basta olhar para a média das pequenas ou médias empresas nos dias de hoje e você provavelmente verá um exemplo de uma empresa com um modelo de negócio centrado no parceiro.

Eles podem, por exemplo, terceirizar sua estratégia de mídia social para uma empresa, fazer parceria com uma empresa de web design, contratar um consultor de marca, recrutar provedores de treinamento externos e assim por diante.

No mundo atual de novos modelos de negócios e em rápida mudança, empresas maiores têm muito a aprender com esse modelo flexível e escalonável.

O negócio centrado no valor do cliente

Este modelo se aplica a absolutamente todos os negócios porque se trata de resolver os problemas dos clientes, antecipar suas necessidades, tornar a vida das pessoas mais fácil e remover qualquer atrito ou aborrecimento.

A Amazon é um exemplo óbvio disso. O serviço online de assinatura de estilo pessoal Stitch Fix é outro grande exemplo.

Com o Stitch Fix, os usuários detalham suas preferências de tamanho e estilo preenchendo um questionário (eles também podem vincular a sua conta do Pinterest).

Em seguida, por meio de inteligência artificial, o sistema pré-seleciona roupas que vão caber e servir ao cliente e um personal stylist (humano) escolhe as melhores opções dessa lista pré-selecionada.

E pronto, as roupas perfeitas para você chegam na sua porta todos os meses. Chega de fazer compras em shopping centers lotados, filas de vestiários ou pedidos online apenas para descobrir que elas não cabem.

O negócio de inovação constante

A capacidade de inovar é crucial para o sucesso do negócio. Mas, hoje, o ritmo da inovação não é apenas rápido, é constante.

Algumas das empresas mais bem-sucedidas do mundo estão constantemente inovando e se transformando, mesmo que isso signifique canibalizar seus próprios produtos e serviços para criar algo novo.

Veja o iPod da Apple, por exemplo. Ao apresentar telefones inteligentes que poderiam armazenar sua música, a empresa eliminou a necessidade de um dispositivo separado.

Claro, algumas pessoas ainda amam seu iPod. Mas mesmo os amantes obstinados do iPod não ficarão surpresos em saber que as vendas do iPod estão em declínio desde o lançamento do iPhone.

O negócio baseado em dados

Organizações inteligentes reconhecem que os dados são um de seus ativos críticos de negócios.

Organizações realmente inteligentes incentivam uma cultura de dados, em que a importância dos dados é reconhecida em todos os níveis do negócio e as decisões em toda a empresa são baseadas em dados, não em suposições.

O negócio orientado por dados tem medidas para entender exatamente o que está acontecendo agora e usa essas informações para tomar melhores decisões, refinar as operações e até mesmo criar novos fluxos de receita.

As empresas que realmente valorizam os dados estão bem posicionadas para experimentar e inovar em um ritmo mais rápido, o que está de acordo com o modelo de negócios anterior.

O negócio com experiência em tecnologia

Vivemos em uma época de inovação tecnológica avassaladora. Inteligência Artificial, big data, blockchain, impressão 3D, realidade aumentada e realidade virtual são apenas algumas das grandes mudanças que estão ocorrendo agora.

Portanto, não é surpresa que muitas das empresas mais bem-sucedidas do planeta sejam de tecnologia.

Apple, Alphabet (controladora do Google), Microsoft, Amazon e Facebook estão entre as seis empresas que possuem maior valor no mundo.

Independentemente do setor e do tamanho da empresa, é vital que sua organização adote a tecnologia. Do contrário, você corre o risco de ser deixado para trás.

Descubra qual desses modelos é o mais lucrativo para você

Muitas das empresas mais bem-sucedidas de hoje conseguiram combinar uma série, senão todos, desses novos modelos de negócios para catapultar suas empresas para um sucesso estelar.

Ao longo dos anos, a Orcoma vem ajudando empresas a reformular seus negócios e criar modelos de negócios mais bem-sucedidos, com processos contábeis internos impecáveis.

Então, se você quiser ajuda com a transformação do seu modelo de negócios, entre em contato conosco, da Orcoma.

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Dicas Essenciais Para Precificar Seus Servicos No Comercio Post (1) - Contabilidade na Bahia - BA | Grupo Orcoma

Como aplicar a precificação de produtos e serviços?

Confira em nosso artigo todas as dicas essenciais para precificar seus serviços no comércio. Dominar o processo de precificação de produtos e serviços é fundamental para o aumento do faturamento. O processo de precificação de produtos e serviços é primordial

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado
De acordo com as regras atuais, a jornada de oito…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top