Como Montar Uma Clínica Médica -Tudo que você precisa saber!

Como Montar Uma Clinica Medica Tudo Que Voce Precisa Saber Contabilidade Na Bahia Ba - Contabilidade na Bahia - BA | Grupo Orcoma

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Inicie Hoje Mesmo A Sua Clínica Médica E Tenha Autonomia Para Lucrar A Curto Prazo Contando Com Processos Administrados Com Maestria!

Descubra o nosso passo a passo de como montar uma clínica médica com máxima eficiência e lucratividade a curto prazo!

Quando falamos sobre como montar uma clínica médica, na maioria das vezes, existem duas motivações principais que levam doutores a se tornarem gestores, sendo elas:

  • Autonomia para tomar as próprias decisões e seguir um ritmo de trabalho otimizado, sendo a sua visão após anos atuando com a sua especialidade; e
  • Lucratividade, afinal, todo um investimento tem um retorno e, no caso de aprender como montar uma clínica médica, o retorno esperado é proporcional a todo o esforço que é dedicado pelo gestor e sua equipe.

Contudo, a grande verdade – e a dura realidade – que você já deve estar preparado para encarar é que:

Tem muita coisa pela frente!

Até porque para conquistar a tão sonhada autonomia, somada a uma boa lucratividade, é muito importante se atentar a questões como:

  • Controle do Fluxo de Caixa;
  • Conformidade Fiscal, Trabalhista e Legal;
  • Gestão de Equipe;
  • Definição e Acompanhamento de Processos;
  • Modelo de Negócio;
  • Aquisição de Parcerias com Planos de Saúde – sem a incidências de glosas;
  • Marketing; e por aí vai…

No entanto, se você chegou até este artigo pela busca de termos como: “Como montar uma clínica” ou por meio de nossas redes sociais, então, não se preocupe, porque nós iremos cumprir com o prometido e te revelar, agora mesmo, o passo a passo de como montar uma clínica médica – abordando todos os aspectos citados a acima…

E então, o que acha? Interessante?

Portanto, comecemos do começo…

Para saber como montar uma clínica médica, primeiro, é preciso aprender a empreender!

Embora você já tenha o seu CRM e isso, por si só, já seja uma garantia da sua aptidão para dar início às suas atividades como profissional da saúde – seja autônomo ou CLT –, saiba que, quando falamos da gestão de uma empresa, tal registro não dá a garantia de bons retornos ao seu negócio…

Normalmente, uma das maiores quebras de expectativas dos médicos empresários mais jovens é justamente ter que lidar não somente com a prestação dos seus serviços – o que consome em grande parte o seu tempo -, mas, também, com a gestão dos seus negócios…

O que tem por consequências duas realidades muito diferentes:

Foco no cliente, mas abandono dos processos

Pacientes muito bem atendidos, mas com problemas de relacionamento com a clínica devido a uma má gestão dos processos internos, o que pode gerar atraso no atendimento ou até mesmo a perda de consultas por falta de controle da agenda.

OU….

Foco nos processos, mas abandono dos clientes

Tanto a captação de pacientes quanto a sua triagem e atendimento são muito bem construídos, porém, a falta de mão de obra acaba por gerar uma alta demanda que se torna insatisfeita com facilidade, gerando uma má reputação ao seu estabelecimento.

Sendo assim, é preciso saber empreender sem deixar de ser médico

Visto isso, a palavra-chave do seu sucesso empresarial é:

Equilíbrio!

Porém, para ter equilíbrio, é preciso ter planejamento, é justamente com isso que te ajudaremos na postagem de hoje – assim, você consegue se manter sempre em dia com a atendimento dos seus pacientes sem abrir mão do lucro da sua clínica médica.

Portanto, quando falamos em “empreender”, nos referimos a você adotar uma visão empresarial sobre a sua clínica, visualizando quais são:

  • Suas obrigações fiscais;
  • Seus compromissos financeiros;
  • Seus pontos de vantagem competitiva;
  • Suas facilidades estratégicas;
  • Suas ameaças do mercado, entre outros aspectos muito importantes para o sucesso do seu negócio!

E é com tudo isso muito fresco em mente que iremos dar início ao processo prático de como montar uma clínica médica…

Passo #1 – Estude o Mercado

Antes de começar a correr daqui para lá atrás de documentos, licenças, registros e alvarás, é preciso, primeiro, entender se o seu negócio faz sentido dentro do mercado em que você está inserido hoje, afinal, a última coisa que queremos que você sinta é arrependimento por ter tomado uma decisão importante, sem ter avaliado as consequências…

Desse modo, por mais que você já tenha a sua especialidade definida, o primeiro passo necessário para que você entenda como montar uma clínica médica é estudar o seu mercado atual.

Para isso, busque entender como funcionam as demais clínicas da sua região:

  • Quantos funcionários possuem?
  • Qual a sua faixa de preço?
  • Qual o seu público-alvo?
  • Qual a classe social dos seus pacientes?
  • Quais são seus diferenciais?
  • O que os pacientes dessas clínicas falam sobre elas – o que eles elogiam e do que reclamam?

É esse primeiro estudo que vai te revelar quais são os possíveis caminhos a serem seguidos, pois, dessa forma, você entende o que dá certo para o seu mercado e o que não dá sem que você tenha que se arriscar sem necessidade.

Outro ponto interessante dessa pesquisa é o entendimento dos pontos fracos dos seus futuros concorrentes, porque, entendendo com precisão esses aspectos, você pode ganhar mercado em cima das falhas das demais clínicas médicas e se diferenciar por isso!

Passo #2 – Estruture o seu Negócio

Feito um bom estudo sobre o mercado, chega a hora de dar vida à ideia que mora na sua cabeça – e no seu coração…

Dessa forma, elabore um plano de negócio, considerando:

  • O seu modelo de negócio – o que engloba a gestão dos seus processos internos;
  • Os seus fornecedores;
  • O seu fluxo de caixa;
  • Os seus investidores;
  • O seu público-alvo.

Portanto, para que você realize esse levantamento com máxima eficiência, nós te apresentamos duas ferramentas poderosas para qualquer gestor que esteja procurando por “como montar uma clínica médica”. São elas:

O canva de negócios

Que se concentra em reunir informações da sua clínica médica em um painel gráfico, fazendo com que você tenha uma compreensão mais fácil dos pontos-chave de como montar uma clínica médica.

Para que você entenda com maior precisão como utilizá-lo, separamos um vídeo do Sebrae para te ajudar:

 

A análise SWOT

No Brasil, essa análise também é conhecida como FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças).

E, como a sua sigla nos indica, ela serve como um mapa para que você entenda quais são os pontos fortes e quais são os pontos fracos do seu negócio, assim, é possível se inserir no mercado com máxima eficiência.

 

Então, para te ajudar, novamente, separamos um vídeo do Sebrae, explicando melhor esse assunto:

Não se esqueça de considerar seus departamentos

Feita essa primeira análise inicial do mercado e do seu negócio, é muito importe que você não se esqueça de nenhum departamento interno da sua clínica médica e muito menos dos equipamentos necessários para dar início às suas atividades.

Quando falamos em montar uma clínica médica, por mais que você dê início a todo esse processo hoje mesmo, é preciso ter em mente que são necessários alguns meses de pesquisa e mais alguns meses de execução para que o negócio esteja rodando 100%.

Contudo, caso você decida fazer uma troca justa, existe uma alternativa que pode te agradar, também…

Franquias de clínica médica

Quando falamos sobre troca justa, nos referimos à troca de parte da sua autonomia – uma vez que certas franquias de clínicas médicas exigem alguns processos bem engessados – por um modelo de negócio já preparado e que pode vir com tudo incluso, exigindo de você apenas o capital necessário para dar início ao seu negócio.

Existem tipos de franquias com diferentes finalidades – algumas serão focadas apenas na atração de clientes enquanto outras cuidarão de tudo -, mas o que você deve considerar é a sua pesquisa inicial de mercado, afinal, só assim saberá, na ponta do lápis, se esse investimento vale mesmo a pena!

Passo #3 – Prepare a Papelada

Portanto, uma vez que você tenha entendido os processos iniciais de como montar uma clínica, chega o momento de focar na sua conformidade fiscal, trabalhista e legal!

Sendo assim, independente de você ter escolhido montar uma franquia ou um negócio do zero, você precisará lidar uma série de burocracias que servem para te livrar de sérios problemas futuros…

Desse modo, para simplificar as coisas para você, separamos quais são essas obrigações em uma lista. Confira:

Como montar uma clínica – Documentos necessários

  • Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) – Assim como cada cidadão tem o seu CPF (Cadastro da Pessoa Física), toda empresa necessita do seu CNPJ. Dessa forma, resta à clínica médica solicitar o seu junto à Receita Federal;
  • Cópia do RG e CPF – Outra necessidade para realizar a abertura de uma clínica médica é uma cópia autenticada dos seus documentos pessoais (RG e CPF);
  • Alvará de Funcionamento Junto à prefeitura do seu município, é necessário que você solicite o alvará de funcionamento do estabelecimento, assim, não terá problemas referentes à fiscalização (mas, como estamos falando de como montar uma clínica médica, tenha calma, pois as licenças não param por aqui!);
  • Alvará da ANVISA – Outro alvará necessário é o da própria Agência Nacional de Vigilância Sanitária, porque como estamos nos referindo a um estabelecimento que lida com a saúde pública, existe um nível de exigência maior referente à higienização do local;
  • Autorização do Corpo de Bombeiros – Agora, para questões referentes à incêndios ou à segurança da estrutura do local, é obrigatório ter a autorização do Corpo de Bombeiros;
  • Definição do CNAE – Focando na parte tributária da empresa, você precisa entender qual a sua especialidade e definir o seu código de acordo com a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE);
  • Enquadramento Tributário – Com base no que foi apurado no seu CNAE, no seu faturamento esperado, no número de funcionários e no seu estado de atuação, será necessário enquadrar sua empresa em um regime de tributação que apresente as melhores alíquotas para você (para isso, você tem a opção de contar com um escritório de contabilidade especializado em sua área de atuação!);
  • Certificado de Limpeza Urbana – Outra licença referente à limpeza é a Certificação de Limpeza Urbana, que é específica ao modo como você descarta o seu lixo;
  • Registro na Previdência Social – Já o registro junto à Previdência serve para que você contribua com os direitos dos seus colaboradores;

Contudo, é claro que, a depender de cada estado e especialidade, existem alguns detalhes a mais, porém, essas são as suas principais preocupações burocráticas, caso queira entender como montar uma clínica médica!

Passo #4 – Acompanhe seus Primeiros Passos

Após ter cuidado de toda a questão burocrática do processo de abertura da sua clínica, chega o momento de ver o “filho” dando os “primeiros passos”!

Sendo assim, esteja atento a tudo e a todos!

Busque realizar testes antes de finalmente inaugurar a clínica e veja se o processo está rodando da forma como foi planejada – afinal, gestor nenhum gosta de surpresas de última hora!

Portanto, uma boa dica para você lidar com isso, é contratar um sistema de gestão para o seu negócio especializado em clínicas médicas – assim, é possível ter o controle de tudo em poucos cliques, inclusive o financeiro.

Desse modo, após realizados os testes, veja os resultados dos primeiros meses e tenha em mente que elas não refletem a sua média anual, afinal, essa é apenas a sua inserção no mercado. Então, se atente às tendências e vá a fundo no que não está dando certo, por exemplo:

Ao identificar que, mesmo fazendo parcerias com empresas locais, você tem uma taxa de adesão mínima das famílias dos trabalhadores, você pode identificar que o problema seja o plano de saúde que eles tenham que ofereça maiores vantagens…

Dessa forma, você pode se aliar a esse plano – mas, com todo o cuidado para não perder faturamento com glosas desnecessárias!

É tudo uma questão de acompanhamento e análise!

Conte com o Grupo Orcoma para a Abertura da sua Clínica

Por fim, tendo ciência de todos esses passos, é possível que você tenha maior eficiência em cada um deles com o auxílio de um escritório de contabilidade que é realmente especializado no seu negócio!

Nós, do Grupo Orcoma, somos um escritório de contabilidade para área da saúde e temos as soluções necessárias para que você se mantenha em conformidade com o Fisco, com os seus colaboradores e com os seus parceiros, com o máximo aproveitamento das suas finanças!

Assim, é possível que você invista no desenvolvimento da sua clínica com capital de sobra!

Sendo assim, se você deseja entender como montar uma clínica ao lado de quem é especialista, então, acesse esta página agora mesmo e descubra tudo o que podemos fazer pelo seu sucesso: Contabilidade Para Empresas E Profissionais Da Área Da Saúde Na Bahia.

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado
Câmara incluiu empréstimos por maquininhas de cartão em MP publicada…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top