Custos no comércio – quais são?

Conheca Todos Os Custos Que Impactam O Comercio E Como Gerilos Impecavelmente Post (1) - Contabilidade na Bahia - BA | Grupo Orcoma

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Conheça quais são os custos no comércio e entenda como geri-los de forma adequada para o desenvolvimento do negócio!

Entenda quais são os custos no comércio varejista que você precisa lidar e saiba como implementar uma gestão eficiente

O comércio varejista é um segmento de negócio muito comum e promissor, visto que, com uma gestão adequada, estratégias de crescimento e consistência nos resultados é possível obter um expressivo crescimento. 

Entretanto, na prática, gerir um comércio varejista não é simples, afinal, são diversos os aspectos que precisam ser cuidados de forma minuciosa para que bons resultados sejam garantidos. 

Para isso, é preciso tempo e são imprescindíveis conhecimento e aplicação de ações efetivas que viabilizem o bom funcionamento do comércio varejista. 

Dentre tantos aspectos importantes para um negócio com bom desempenho, conhecer quais são os custos existentes e qual a melhor forma de geri-los é essencial…

E é justamente para auxiliar com isso que preparamos este artigo! 

Falaremos sobre quais são os custos no comércio, de forma que você tenha o conhecimento necessário para aplicar uma gestão financeira eficiente, que garanta custos enxutos e lucros maximizados. 

Custos no comércio – por que é preciso conhecê-los?

Para que você entenda a importância de um artigo especialmente sobre os custos no comércio, vamos apresentar os motivos de ser imprescindível conhecê-los. 

Bom, para começar, só é possível gerir adequadamente algo que você conhece, ou seja, para promover custos mínimos para o seu comércio e, assim, aumentar o potencial lucrativo, é necessário saber com o que você está lidando.

Dessa forma, conhecer os custos que seu comércio precisará arcar é uma forma muito importante de conseguir ter o controle sobre todos os números, evitando futuros problemas financeiros. 

Os custos são um fator de extrema importância, sendo que parte do faturamento é destinada para lidar com cada custo operacional e, assim, manter o comércio funcionando. 

Portanto, não conhecer quais são os custos no comércio implica em consequências como:

  • Custos excessivos; 
  • Custos desnecessários; 
  • Falta de controle financeiro; 
  • Ineficiência na gestão financeira; entre outras. 

Ou seja, todos esses são fatores que demonstram a importância de se conhecer os custos no comércio.

Mas afinal, quais são os custos no comércio?

Agora que já evidenciamos a importância, vamos compreender melhor quais são esses custos. 

Antes de falarmos sobre eles especificamente, é preciso entender a diferença entre custos fixos e variáveis

Isso porque esse é um detalhe importante que faz toda a diferença na gestão que você realiza dos custos do seu comércio.

Custos fixos são aqueles que seu comércio sempre precisa arcar, seja semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente, sendo alguns exemplos:

  • Aluguel;
  • Salários; 
  • Encargos sobre salários
  • Contas bancárias; 
  • Água, luz, internet; entre outros. 

Já os custos variáveis são aqueles que surgem periodicamente, como uma necessidade de compra específica em um mês e que não será necessária nos próximos meses. 

Ter noção dessa divisão entre custos fixos e variáveis é importante para conseguir ter um controle maior sobre os custos, bem como facilitar a organização.

Tendo isso esclarecido, vamos falar sobre quais são os principais custos no comércio.

Os principais custos existentes em todo comércio 

Detalhar todos os custos de um comércio varejista de forma ampla não é viável, visto que cada negócio funciona de uma forma e os custos presentes em um comércio podem não ser presentes em outro, sendo os custos variáveis um exemplo disso. 

Entretanto, levantamos quais são os principais custos que atingem todo o comércio de forma geral, para que você tenha uma base sobre quais são os custos com os quais precisará arcar:

  • Aluguel do espaço físico do comércio; 
  • Água;
  • Luz;
  • Funcionários; 
  • Sistemas; 
  • Estoque; 
  • Impostos; 
  • Fornecedores; 
  • Embalagens; 
  • Marketing;
  • Contabilidade; 
  • Terceirizadas que prestem serviços para o comércio.

De forma geral, esses custos são presentes nos comércios varejistas.

Para identificar quais são todos os custos existentes no seu comércio especificamente, é preciso realizar um mapeamento de quais são todas as fontes geradoras de custos. 

Assim, você tem uma percepção completa e adequada com a realidade do seu negócio, o que irá viabilizar que as estratégias as quais vamos apresentar mais a frente sejam mais efetivas.

Gestão de custos: o caminho para bons resultados financeiros em seu comércio

Até aqui, apresentamos a importância de conhecer quais são os principais custos encontrados em todo comércio, contudo, o mais crucial é saber como gerir esses custos e viabilizar melhores resultados para o negócio. 

O que vamos apresentar a seguir são, principalmente, práticas importantes a serem adotadas no dia a dia do seu comércio, ou seja, são aspectos que vão promover uma mudança benéfica e contínua.

Mapeamento dos custos no seu comércio 

Apesar de termos apresentado aqui um checklist de quais são os custos que existem em praticamente todo comércio, é importante levantar as especificidades do seu próprio negócio em consideração. 

Esse é o primeiro passo para que você tenha informações que viabilizem a aplicação dos demais aspectos os quais irão influenciar uma boa gestão. 

Para esse mapeamento, é crucial levantar os custos fixos e sempre ter registros dos variáveis.

Vale ressaltar que o mapeamento dos custos não é algo que deve ser feito apenas uma vez e nunca mais, é algo que precisa ser contínuo, acompanhando as mudanças do seu comércio.

Verificação dos custos 

A etapa de verificação deve ter como objetivo identificar se, de fato, todos os custos que foram mapeados são necessários para o funcionamento do seu comércio de forma excelente. 

Por vezes, você pode identificar custos completamente desnecessários e alguns que podem ser menores. 

Por exemplo, se o seu comércio conta com um sistema que oferece 30 funcionalidades e gera um custo alto, contudo, a rotina do negócio só exige o uso de 10 dessas funcionalidades, faz muito mais sentido buscar por um sistema que ofereça apenas as funcionalidades necessárias por um valor menor. 

Com avaliações como essa e verificação de todos os custos, você consegue identificar quais são as formas de enxugar os custos do comércio sem afetar a qualidade e excelência de tudo o que é oferecido.

Planejamento 

Em todos os processos de qualquer negócio, o planejamento é simplesmente fundamental.

Afinal, é como uma base que estrutura todos os projetos, viabilizando que sejam efetivos e gerem os resultados esperados. 

Portanto, no contexto presente, planejar todos os custos do seu comércio é essencial para que eles não sejam excessivos e você não tenha problemas financeiros. 

Um exemplo de planejamento é em relação à escolha de fornecedores, embalagens, contratações e todo acréscimo de custo que precisa ser realizado. 

Contabilidade Para Comercio  - Contabilidade na Bahia - BA | Grupo OrcomaPowered by Rock Convert

É essencial analisar as opções, verificar o que oferece melhor custo-benefício e, assim, tomar as decisões que mais beneficiem o seu comércio. 

Outro ponto muito importante em relação ao planejamento é garantir que você não tenha mais custos do que o faturamento do negócio é capaz de cobrir. 

Ponto de equilíbrio 

O ponto de equilíbrio consiste no valor mínimo de faturamento que deve ser obtido para que o seu comércio não tenha o fechamento de caixa no vermelho. 

Ou seja, trata-se do mínimo necessário para cobrir com todos os custos que o comércio tem. 

É importante saber qual o ponto de equilíbrio do seu negócio e sempre buscar ultrapassá-lo, pois é aí que lucros são gerados. 

Conhecendo qual o ponto de equilíbrio do seu comércio, fica mais simples avaliar se o faturamento que o negócio obtém hoje é capaz de cobrir tudo ou se ajustes nos custos do comércio precisam ser realizados. 

Precificação 

A precificação é algo que se relaciona diretamente com os custos existentes no comércio, afinal, é um dos principais aspectos que devem ser considerados na precificação. 

Portanto, para não encarecer os produtos do seu comércio varejista, é preciso que os custos de produção sejam enxutos – sem, é claro, abrir mão da qualidade. 

É importante também se atentar para que os preços estabelecidos não desvalorizem os produtos, pois isso irá gerar impactos negativos no faturamento, inviabilizando que um bom faturamento seja obtido.

Portanto, o processo de precificação precisa ser feito com um cuidado minucioso, de preferência, com o suporte de especialistas.

Controle de estoque

O estoque pode ser um grande gerador de custos que, se não for controlado, irá te gerar problemas. 

Portanto, é essencial ter um controle de estoque impecável, evitando que produtos fiquem parados, em condição de avariados ou obsoletos. 

Para isso, é essencial ter um controle de toda a mercadoria que entra, analisar a sua demanda, realizar cálculo de giro de estoque e acompanhar constantemente os processos para garantir que os prejuízos não sejam causados por conta do estoque do negócio. 

Dessa forma, contar com um sistema para controle de estoque, registrar tudo que entra e que sai e analisar relatórios são ações fundamentais para ter um controle efetivo.

Quanto mais controlado for seu estoque, menos riscos você corre de ter prejuízos por conta disso. 

Fluxo de caixa

O fluxo de caixa é essencial não só para lidar com os custos no comércio, mas para a gestão financeira como um todo. 

Afinal, trata-se de ter registro de todas as movimentações financeiras que ocorrem no comércio, sejam entradas ou saídas. 

A partir disso é possível avaliar a proporção de entradas e saídas e, assim, identificar a necessidade de cortar custos ou verificar se tudo está funcionando de forma adequada – e financeiramente benéfica – para o negócio. 

Para ter um fluxo de caixa efetivo, a utilização de um sistema que tenha essa funcionalidade ou até mesmo uma planilha é fundamental, além disso, é preciso garantir que todas as movimentações sejam registradas, por menores que sejam os valores.

Relatórios contábeis

Os relatórios contábeis são fontes essenciais de dados sobre o seu comércio. 

A partir deles é possível ter acesso a informações que irão indicar quais são os gargalos em seu negócio que precisam ser corrigidos, bem como qual é a atual realidade financeira do negócio. 

Com isso, torna-se muito mais simples elaborar estratégias efetivas, que permitam resultados sólidos e consistentes para o seu negócio. 

Para isso, os principais relatórios são a Demonstração de Resultados do Exercício – DRE, Balanço Patrimonial, Balancetes e afins. 

Quanto mais relatórios você extrair não só sobre os custos no comércio, mas sobre a lucratividade, funcionamento dos processos e afins, melhor irá se tornar o desempenho do seu negócio.

Atenção com as obrigações fiscais 

Apesar de nem sempre esse ser um ponto considerado com a seriedade devida, é de extrema importância para que custos excessivos não sejam gerados em seu comércio. 

O enquadramento do seu comércio no regime tributário mais adequado, usufruindo dos benefícios fiscais e elisão fiscal, torna possível diminuir significativamente os custos com essa questão. 

Além disso, é essencial evitar atrasos e erros que geram multas e sanções que apenas atrapalham o desenvolvimento do seu comércio varejista. 

Portanto, é crucial ter muita atenção com esses aspectos e, assim, garantir que tudo em seu negócio esteja funcionando corretamente.

O papel da contabilidade em todo esse cenário

Apresentamos diversos aspectos que viabilizam uma gestão eficiente dos custos no comércio, entretanto, colocar tudo isso em prática não é uma tarefa fácil. 

Isso porque: além de lidar com os custos no seu comércio, é preciso estar sempre atento à demanda, aos processos, aos colaboradores, aos feedbacks dos clientes e a tantos outros aspectos que demandam a sua atenção. 

Mas é justamente aí que entra o papel da contabilidade em todo esse cenário. 

Quando você tem o suporte de profissionais especializados nos números de um comércio varejista, consegue confiar esses aspectos nas mãos de quem saberá como cuidar de tudo de forma impecável. 

Dessa forma, você tem mais tempo e tranquilidade para focar em outras atividades importantes para o negócio, bem como garantia de completa conformidade no que diz respeito às obrigações fiscais existentes. 

Além disso, profissionais contábeis podem disponibilizar relatórios precisos que, como mencionamos, são de extrema importância para a gestão financeira do seu negócio como um todo. 

Conte com a Orcoma!

Para ter o suporte de profissionais especializados em contabilidade para comércios varejistas e preparados para cuidar do seu negócio de forma impecável, você pode contar conosco, da Orcoma. 

Nossa equipe de profissionais altamente qualificados está pronta para dar todo o suporte que seu negócio precisa para obter sempre os melhores resultados e ter um crescimento constante e efetivo. 

Conosco, você tem a tranquilidade de confiar os números da sua empresa nas mãos de quem pode cuidar de tudo com máxima excelência. 

Para isso, basta entrar em contato agora mesmo!

QUERO OBTER SUCESSO NO MEU COMÉRCIO

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado
Dê fim às suas dúvidas sobre recuperação tributária para clínica,…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top